Filme: Precisamos falar sobre o Kevin


Nota:

Desde o começo Eva (Tilda Swilton) percebeu que tinha algo de estranho com seu filho, Quando era bebê Kevin (Ezra Miller) não parava de chorar e só se acalmava nos braços do pai, até ai nada de suspeito, porém a medida que o tempo passava mais difícil era a relação entre mãe e filho, para as outras pessoas Kevin era apenas uma criança que precisava de atenção, mas só Eva sabia que por trás daquela máscara havia um garoto sádico tão cruel a ponto de fazer uma chacina no seu colégio.

De início percebemos o quanto Eva está abalada, e também não é pra menos, com o filho na cadeia, sem emprego e ainda sendo julgada por vizinhos e pais dos estudantes que morreram não chega perto da culpa que sente por Kevin ser perverso, mas afinal a culpa é da mãe que não estava preparada e logo na gestação rejeitou o bebê, do pai ausente que acobertava o filho ou do próprio Kevin que já apresentava traços de psicopatia? O filme deixa essa questão em aberto para podermos discutir sobre o assunto.


Na minha opinião o fato de Eva ter engravidado jovem, beber e fumar durante a gravidez acabou afetando a mente de Kevin. Eva não desejou o filho, ela se sentia frustrada por não poder levar a vida que levava antes, por abrir mão do emprego, por engordar e etc. Querendo ou não esses sentimentos despertaram o lado psicopata de Kevin, mas acredito que no fundo ele só queria chamar atenção da mãe e como psicopatas não geram afeto por ninguém e não mede esforços para conseguir o que quer ele acabou cometendo um crime que nem mesmo ele soube explicar o porquê fez tudo aquilo.
Só porque você se acostuma com algo não significa que gosta. Você se acostumou comigo
A atuação do Ezra Miller está de arrepiar! Ele traz a rebeldia e a maldade no seu tom de voz, ele consegue passar de um garoto doce para um adolescente cheio de ódio com apenas um olhar. Tilda Swilton também não fica para trás na atuação, ela representa de maneira fantástica uma mãe cansada e com medo de seu próprio filho, além de parecer um pouco perturbada também. Não poderiam ter escolhido melhor os atores para esses papéis, não é atoa que Ezra Miller foi indicado ao Oscar e Tilda ganhou o prêmio na categoria de melhor atriz.


O filme não é cronológico, viajando do presente ao passado distante, depois do presente para um passado ainda mais distante sem tornar cansativo, pelo contrário! Isso só aumenta a curiosidade para entendermos melhor as motivações de Kevin.

Depois de assistir o filme você vai precisar falar sobre o Kevin para as outras pessoas. Recomendo!


Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Oie,
    geralmente não gosto de filmes que ficam indo e voltando, mas já me falaram tão bem deste que estou curiosa para assistir.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu já li o livro e assisti o filme, é realmente incrível a atuação do Ezra. Depois de ler seu post deu até vontade de rever o filme, é uma das melhores papéis do Ezra! <3

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dos meus favoritos é o Nothing do As vantagens de ser invisível! *-*

      Excluir
  3. Nossa, que sho!! Super quero ver esse filme! Ainda não conhecia!!

    Beijinhos

    Mirelle Marques
    Meu Mundo Em Tons Pastéis

    ResponderExcluir
  4. O que eu falo sobre esse filme? É um dos meus preferidos da vida!!
    A história me impressionou tanto que até comprei o livro hehe

    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero muito ler o livro, mas cadê o dinheiro? *chora*

      Excluir
  5. Bela recomendação! Ainda não conhecia o filme, mas verei com certeza.
    Bom final de semana!

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Assisti esse filme esse ano só... (que vergonha eu sei hahaha) e achei incríveeeeel!
    Com certeza foi pra minha lista de favoritos! E amei sua resenha também!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vergonha nada, eu tbm só assisti nesse ano

      Excluir
  7. Olá! Tenho umas amigas que adora o livro e ficam indicando direito nos grupos que participamos. Sobre o filme eu nunca vi e tenh bastante vontade mas sempre adio por causa da leitura. Enfim, contente que tenha sido agradavel.Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  8. Gente, que filme perfeito!
    Adorei a sinopse, fiquei com muita vontade de assistir e saber mais dessa gravidez, o por quê do Kevin gostar mais do pai, etc.
    Nunca vi filmes desse estilo, mas adorei a sua recomendação, vou assistir depois de almoçar e ai te conto o que eu achei.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  9. Quero muito conferir esse filme e também o livro. Por se tratar de um tema complexo, me agrada demais. Gosto desses enredos que mexem com o nosso psicológico.
    Se a premissa é boa e as atuações foram excelentes, preciso assistir ao filme para ontem!

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de abril. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Boa Tarde.
    Eu gostei muito do que você descreveu sobre o filme, gosto muito desse estilo de filme, deu medo só de olhar para a cara do personagem, e isso é simplesmente fantástico, estou muito curiosa para assistir o que acontece no filme, e quais os motivos para que o personagem torna-se um psicopata.
    Eu amei.

    ResponderExcluir
  11. Parece ser um filme bem legal,um pouco de suspense para deixar o filme melhor,vou assistir com certeza.

    ResponderExcluir